esteste

Documentação

A cidadania italiana é reconhecida, entre outras formas, via iure sanguinis, que é a comprovação de ascendência italiana. Comprova-se com a buscas das certidões de nascimento, casamento e CNN (leia sobre abaixo) dos antepassados.

O reconhecimento não tem limite de geração, porém, há algumas restrições: filhos de mulheres italianas nascidos antes de 01/janeiro/1948; naturalização brasileira do ascendente italiano; e caso sejam encontrados problemas com os dados dos documentos.

Depois de buscar as certidões em inteiro teor, deve-se:

  • corrigir as dissonâncias encontradas, caso seja necessário (datas e grafia dos nomes, entre outros);
  • fazer a tradução dos documentos e, por fim;
  • apostilá-los.

CNN – Certidão Negativa de Naturalização: é o documento que confirma que seu ascendente italiano não tenha se naturalizado brasileiro. Deve conter todas as mudanças de nomes e sobrenomes do seu ascendente italiano. É um documento obrigatório e pode ser obtido gratuitamente no site do Ministério da Justiça.

Após esse processo, o descendente já pode dar entrada no pedido de cidadania.

Links úteis:

Ministério da Justiça do Brasil

Sobrenomes italianos

Dicas para encontrar seus parentes italianos

Passo-a-passo da cidadania na Itália

passportCom a People Interplay, você pode reconhecer a sua cidadania no prazo médio de 20 a 90 dias, fazendo o pedido diretamente na Itália. O tempo para se efetuar o mesmo trabalho no Brasil pode girar em torno de 15 anos! Com a nossa relação estreita com o comune (prefeitura) e know how, facilitamos a sua entrada na cidadania para que ela torne-se uma experiência agradável.

 

Por que reconhecer cidadania italiana?

 

  • Aposentar na Itália torna-se possível.
  • Facilidade para mobilidade profissional, visto que o passaporte italiano abre portas de toda a União Europeia.
  • Facilidade para quem deseja estudar na Europa e conseguir bolsas de estudo nas universidades europeias.
  • Possibilidade de viajar para países que não exigem visto para italianos, como EUA, Japão, Austrália e Canadá. O passaporte italiano é o terceiro mais aceito no mundo, enquanto o brasileiro é apenas o de número 17. [Passport Index]
  • Filas diferenciadas nos aeroportos para cidadãos da União Europeia.

Ainda é preciso levar em conta a questão do patrimônio cultural da família, que, com a cidadania, resgasta suas raízes e permite com que suas origens continuem sendo transmitidas para as gerações seguintes. O cidadão que tem direito ao reconhecimento iure sanguinis é já um italiano, porém ainda não reconhecido pelo Estado.

Antes de vir

Ao receber os documentos escaneados, faremos uma análise prévia para confirmar que esteja tudo em regra segundo os padrões do comune, de forma que o cliente possa viajar com segurança. Você só vem para a Itália com a certeza de que todos os documentos estão em ordem. 

Chegada na Itália

Pegamos o cliente no aeroporto ou estação de trem de Firenze (Florença) e o levamos para a casa de hospedagem.

Primeiros documentos e espera

Acompanhamos o cliente a fazer a dichiarazione di presenza, caso seja necessário, e a residenza. O vigile tem 45 dias no máximo, como dizem as leis italianas, para passar na casa e confirmar a residência. Porém, a media é de 5 a 15 dias.

O cliente será acomodado em uma de nossas casas com quartos duplos, roupas de cama, banheiro, água, luz e calefação. É possível para o futuro cidadão italiano reconhecido que se programe de forma a não comprometer o seu trabalho/estudo no Brasil, conciliando o processo de pedido de reconhecimento da cidadania com uma viagem de férias.

Oferecemos também suporte telefônico 24/7 para qualquer dúvida ou emergência.

Caso o cliente deseje, também oferecemos cursos de cozinha tradicional Toscana, de pintura, tour guiados pela Toscana e Florença, viagens para outras regiões, curso de italiano e etc. Cada serviço tem um custo adicional e é feito por profissionais de cada setor.

Entrada no processo

Com a confirmação da residência pelo vigile e com todos os documentos organizados, dá-se entrada ao processo de cidadania, dando finalidade à parte do trabalho que deveria ser feita obrigatoriamente na Itália.

Depois de abrir o processo

Após ter dado entrada no processo de cidadania, o cliente pode retornar ao Brasil, se assim desejar, ou aproveitar a Europa.  

Assim que a cidadania ficar pronta e caso tenham voltado ao Brasil, nossos clientes têm duas opções:

1 – Vir novamente para a Itália e retirar a comunicação de reconhecimento da cidadania pessoalmente, fazendo também o Passaporte e a Carta d’Identità;

2 – Concluir o processo via delega (procuração), com a permanência do cliente no Brasil, recebendo os documentos via correios e fazendo seu passaporte em algum consulado italiano no Brasil.

Após finalizado o processo de cidadania, o cidadão italiano recém-reconhecido tem o dever de se inscrever ao AIRE, que é o registro dos italianos residentes no exterior. Essa inscrição serve para que o Estado italiano possa estar em contato com os seus cidadãos e para que eles possam usufruir de seus direitos como italiano mesmo fora das fronteiras italianas.

Para orçamentos e dúvidas entre em contato conosco!